Balmaceda
Adicionar a lista de desejos
Recomendar para um amigo
Prosa do Observatório

Balmaceda

A Revolução Chilena de 1891

Joaquim Nabuco

Saiba mais
Esgotado
4x de R$12,73 sem juros
Cartão de crédito

2x de R$25,45

sem juros

Total: R$ 50,90

3x de R$16,97

sem juros

Total: R$ 50,90

4x de R$12,73

sem juros

Total: R$ 50,90

Produto sob encomenda junto aos nossos fornecedores

O produto selecionado está sob encomenda, o que significa que não temos unidades disponíveis para pronta-entrega em nosso estoque. Iremos encomendá-lo junto aos nossos fornecedores e, assim que chegar, enviaremos para você.

Previsão de entrega e valor do frete

Não sei meu CEP

Previsão de entrega e valor do frete

CEP Entrega em | Frete: R$ Utilizar outro CEP

Avise-me quando chegar

Sinopse

O quarto volume da coleção "Prosa do Observatório", dirigida por Davi Arrigucci Jr., traz, pela primeira vez, o formato do ensaio e um autor nacional --Joaquim Nabuco (1849-1910). Um dos grandes intelectuais da história do país, e nome fundamental na reflexão sobre as características do povo brasileiro, Nabuco volta sua atenção, nesse volume, para uma encruzilhada histórica.

A partir da leitura do livro "Balmaceda, su Gobierno y la Revolución de 1891", de Julio Bañados Espinosa, Nabuco discorre sobre o mandato do presidente chileno José Manuel Balmaceda, que se suicidou após a derrota na sangrenta guerra civil de 1891.

Em uma série de artigos publicados no "Jornal do Commercio", do Rio de Janeiro, o autor concluiu que o drama chileno estava cheio de lições para o Brasil. Sua crítica à figura de Balmaceda joga luz sobre um passado de pouco mais de um século e sobre o presente imediato, com grande sentido para toda a América Latina.

O premiado ensaísta e romancista chileno Jorge Edwards, no prefácio escrito especialmente para a edição, traça um paralelo entre os dilemas políticos do Chile de Balmaceda e o de Salvador Allende: ambos foram eleitos pelo voto popular e com grande apoio na sociedade, com base num programa progressista que despertou a reação da elite.

Sob pressão, Balmaceda terminou seu mandato e se matou logo em seguida; Allende resistiu até o golpe de 11 de setembro de 1973, quando, durante um bombardeio ao palácio de la Moneda, se suicidou.

Informações Técnicas

Coleção: Prosa do Observatório
Título: Balmaceda
Subtítulo: A Revolução Chilena de 1891
Organizador: José Almino de Alencar
Autor: Joaquim Nabuco
Coordenação: Davi Arrigucci Jr.
Prefácio: Jorge Edwards
Posfácio : José Almino de Alencar
Editora: Cosac Naify
Edição: 1
Ano: 2008
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 272 páginas
ISBN: 978-85-7503-690-7
Peso: 300g
Dimensões: 190mm x 130mm